Conglomerados e brechas

As rochas sedimentares têm origem na acumulação e compactação de detritos rochosos ou orgânicos, os sedimentos, que resultam das atividades geológicas e biológicas que decorrem na superfície do planeta. A sua formação implica a interação entre a litosfera, atmosfera, biosfera e a hidrosfera.

Estas rochas formadas à superfície da Terra podem ser classificadas de acordo com a origem dos sedimentos que as compõem, em detríticas, quimiogénicas e biogénicas.

Rochas Detríticas – Conglomerados

As rochas detríticas são formadas a partir dos fragmentos de outras rochas e minerais. Os fragmentos de maiores dimensões são designados de clastos (balastros) com formas e dimensões variadas (maiores de 2 milímetros), Foto 1, que ficam progressivamente mais rolados. Quando estes fragmentos soltos sofrem diagénese (compactação e cimentação) formam-se rochas sedimentares consolidadas.

Balastros

Foto 1 – Depósito marinho de balastros (Praia Norte – Viana do Castelo). Os balastros (rochas sedimentares não consolidadas) são depósitos com sedimentos de dimensões superiores a 2 mm. É difícil definir com rigor o limite entre erosão, transporte e sedimentação, uma vez que o mesmo agente pode realizar qualquer um dos três , consoante as relações entre as dimensões das partículas e a velocidade do agente. Os agentes de erosão e transporte tornam-se agentes de deposição final ou de sedimentação, por perda da capacidade transportadora (A.G.de Carvalho).

Conglomerados e brechas

São sempre constituídos por clastos de dimensão superior a areias grosseiras (> 2mm) unidos por um cimento calcário, ferruginoso, silicioso ou mesmo por uma matriz de menor tamanho (areia, argilas, etc), Foto 2.

Metaconglomerados esquema

Foto 2 – Conglomerado do Carbónico (Paleozóico). Anticlinal de Valongo (Arouca)

Vulgarmente os conglomerados são classificados quanto ao grau de arredondamento dos clastos: conglomerado ou pudim, quando os clastos são arredondados e a Brecha, quando os clastos são angulosos, Foto 3.

Brecha Vulcânica (legenda)

Foto  3 –  Brecha Vulcânica (Ribeira D´ Ilhas, Ericeira).  Durante uma erupção vulcânica ocorre a projeção de fragmentos rochosos arrancados do aparelho vulcânico e lava incandescente. Este material acumula-se em redor do aparelho vulcânico não ocorrendo um transporte significativo quando estes materiais sólidos (piroclastos) apresentam dimensões elevadas.

Concluindo…

Os clastos (sedimentos) podem ser deslocados pela acção da água e da gravidade. A capacidade de transporte determina os sedimentos transportados. Por exemplo, um rio com uma corrente muito forte é capaz de transportar sedimentos de grandes dimensões, mas um rio com velocidade reduzida movimenta apenas os sedimentos finos. A forma e tamanho variam ao longo do transporte. Nas regões de montanha o rio transporte a maioria dos sedimentos e os clasto são mais angulosos. Nas secções finais o rio só transporta sedimentos finos e os clastos tornam-se mais arredondados.

Álbum de Fotos sobre Rochas Detríticas pode ser consultado aqui.

Powerpoint – Rochas Detríticas

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: