Rochas Biogénicas – Carvões

Resultam da acumulação de detritos orgânicos, constituídos por restos de seres vivos ou e produtos da sua atividade, originam rochas biogénicas, como os calcários conquíferos e os carvões. Quando os restos de plantas sofrem decomposição lenta em ambientes aquáticos pouco profundos e pouco oxigenados (pântanos), após a diagénese originam o carvão, Foto 1.

Jurássico Inferior - Carvões (esquema)

Foto 1 – O carvão explorado na atualidade teve origem em florestas pantanosas do Paleozoico e do Mesozoico. Os diferentes tipos de carvão distinguem-se, entre outros aspetos, pelo crescente teor de carbono e crescente poder calorífico. Afloramento de rochas carbonatadas com níveis de matéria orgânica (carvão) de idade Jurássica – São Pedro de Moel.

Formam-se em regiões com vegetação luxuriante, e ambientes húmidos, principalmente nos pântanos e em alguns lagos pouco profundos. Os maiores depósitos originaram-se em regiões tropicais e subtropicais. O material vegetal morto acumula-se no fundo dos pântanos, formando espessas camadas. Estes depósitos aumentam de espessura rapidamente e têm um elevado conteúdo em água. A água é essencial para proteger o material vegetal da decomposição, pois impede que seja exposto a condições ambientais ricas em oxigénio e que promoveriam o crescimento rápido de microorganismos decompositores. No fundo dos pântanos encontram-se assim condições redutoras, próximas das anaeróbias. As reduzidas taxas de decomposição permitem a acumulação de espessas camadas de material vegetal que se transforma em turfa. Esta caracteriza-se por uma elevada porosidade e por apresentar cores acastanhadas em que ainda é possível identificar muitos restos vegetais.

O afundamento contínuo ao longo do tempo aumenta a compressão e temperatura que permitem a diagénese. Este aumento da temperatura e das deformações estruturais podem transformar a turfa em diferentes carvões: lignite, carvão betuminoso e antracite. Esta última é o último estádio de formação dos carvões, sendo sujeita a intensa deformação estrutural. Por esse motivo, muitos geólogos consideram que a antracite é uma rocha que se encontra na fronteira entre as sedimentares e as metamórficas.

Para visualizar Rochas Sedimentares Biogénicas clique aqui

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: