Glaciações

Um glaciar é uma acumulação extensa e perene de gelo, neve, rochas e sedimentos, que se acumula em áreas emersas e que se move sob influência da gravidade, mas também do seu próprio peso. Essa aglomeração acontece porque a neve que precipitou na estação fria não funde, acumulando-se durante a estação quente até à estação fria seguinte. Essa neve “antiga” (firn), nível de gelo entre a neve e o glaciar, vai sofrer compactação devido às novas precipitações, sendo recristalizada e ficando mais densa. 

Glaciar Perito Moreno (Argentina)O último período glaciar, “Würm” na antiga nomenclatura, é o período glaciar aconteceu na fase final do Pleistoceno.  

Glaciação é um período de elevada duração no qual há uma diminuição da temperatura global na Terra ocorrendo, como consequência, a expansão do gelo continental, das calotes polares e dos glaciares. Este é um fenómeno cíclico e muito relevante no Quaternário, visto que já ocorreram, pelo menos, 52 glaciações. 

Vídeo 1

Vídeo 2

As glaciações ou períodos glaciários são fenómenos que ocorreram ao longo da história do nosso planeta, Figura 1. Durante um período glaciário, as temperaturas médias da Terra baixam, provocando, desta forma, o aumento e a expansão de grandes massas polares para latitudes abaixo da atual zona temperada.  

O período compreendido entre duas glaciações denomina-se interglaciário. Durante um período interglaciário, a temperatura média da Terra aumenta, podendo chegar a um valor que pode provocar a fusão dos gelos que se encontram nas regiões polares.  

Periodos Glaciários

Figura 1 – As glaciações que ocorreram no Período Quaternário foram as primeiras a ser identificadas nos Alpes Suiços e designam-se da mais antiga para a mais moderna, GunzMindelRiss e Würm. Estes mesmos períodos glaciários foram reconhecidos nos Estados Unidos. No entanto, outros períodos glaciários ocorreram ao ao longo da história da Terra.   

As glaciações que mais facilmente podemos identificar no relevo terrestre tiveram lugar durante o Período Quaternário, apesar de existirem períodos glaciários mais antigos.  

A existência de glaciações foi proposta pela primeira vez em 1837 pelo cientista Louis Agassiz. Este investigador explicou como se formavam os glaciares e descobriu que as glaciações que ocorreram nos Alpes se tinham expandido, noutros tempos, sobre terrenos longínquos de mais baixa latitude. Este facto levou-o a sugerir que, num tempo geológico não muito distante, o clima tinha sido mais rigoroso do que é atualmente.   

O Gelo Azul 

Glaciar Perito Moreno (Argentina) – Quando ocorre uma acumulação de neve, o peso que as camadas de neve exercem umas sobre as outras expulsa o ar, tornando a neve mais densa e compacta. Quando as camadas superiores aumentam a espessura, a pressão sobre as inferiores aumenta e o gelo, então formado, vai-se tornando cada vez mais denso e compacto até formar o gelo azul, com uma densidade aproximadamente de 0.9. A cor típica deste gelo deve-se à ausência quase completa de ar.

 

 

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: